Classificados | Joinville SC - 22/01/2019 12:09
Senhor Encontra dinheiro e boleto na rua em Joinville, paga a conta e devolve o troco
Por: Mauricio Biriba

Aroldo de Oliveira (Foto: Arquivo Pessoal)

Aroldo de Oliveira, de 70 anos, tomou uma atitude simples, mas que mudou a vida de uma família de Joinville, no norte de Santa Catarina. Ao encontrar um boleto de banco na rua, Seu Aroldo decidiu fazer uma boa ação.

— Eu estava caminhando e vi caindo na calçada um boleto de banco, deu para reconhecer que era de banco. Quando vi que estava o boleto e o dinheiro dentro, fiquei preocupado. Mas como eu vi que a data do vencimento era dia 15 de janeiro [mesmo dia], eu decidi pagar o boleto para não vencer. Tinha R$ 100 com o boleto e a conta custava R$ 54,50.

Boleto encontrado por Seu Aroldo (Foto: Arquivo Pessoal)

O boleto tinha sido perdido pela filha de Mislaine Moraes, uma comerciante da cidade. A garota, de 15 anos, estava com o boleto no bolso quando o perdeu a caminho da lotérica.

— Ela voltou chorando, tive que acalmá-la e dizer que isso acontece. Mas a gente já tinha dado como perdido quando o Seu Aroldo entrou aqui na ótica.

Além de pagar a conta, Seu Aroldo conseguiu encontrar o endereço da correspondência, uma ótica no bairro Costa e Silva, e devolveu o troco. O que não esperava era que a iniciativa ganhasse tanto destaque.

— Eu jamais esperava que tivesse essa repercussão. Isso pra mim é normal demais. A gente sabe que o que não é da gente, não é da gente. Eu jamais esperava que ia acontecer essa repercussão tão grande.

Para a comerciante, a atitude será exemplo na vida da filha.

Comerciante recebeu de volta o troco e o boleto pago (Foto: Arquivo pessoal)

 Ela sentiu na pele. Agora sempre que ela achar alguma coisa, vai procurar o dono.  Na verdade, a gente que é honesto sabe que com a gente seria assim, também iríamos devolver numa situação dessas. Mas a gente não espera isso de outra pessoa.

Além do agradecimento, Mislaine garante que vai recompensar Seu Aroldo com um presente.

— Ele não aceitou ainda, mas já disse que o próximo óculos dele, será presente nosso. É o mínimo que podemos fazer. Viramos amigos para o resto da vida e para amigos a gente dá presente sim.

Fonte: Portal Versar

Compartilhe:



Comentários:

Colunistas

Mauricio Biriba

Geral

Carlos Rodrigues

Esportes

Dr Fabio Dias

Saúde

Andressa Pereira

Policial

Dr. Antonio salles junior

Direito do Cidadão



Desenvolvido por: ultranet Informática - 2018