Saúde | Italva Rj - 01/05/2019 19:16
Médico surpreende casal surdo ao usar Libras em atendimento de emergência Veja o Video
Por: Mauricio Biriba

 

 

Imagine chegar à emergência de um hospital com fortes dores e não conseguir passar para o médico o que está sentindo? O casal Patrick Elias e Raquel Talon, que são surdos e não aprenderam a falar, faz parte dos mais de 9,7 milhões de pessoas que têm deficiência auditiva no Brasil, segundo o IBGE.

Mas ao procurar a emergência de uma unidade do SUS em Italva, no Noroeste do Rio de Janeiro, no último domingo (28), o auxiliar de serviços gerais, de 40 anos, e a artesã, de 27, foram surpreendidos pela atitude do médico, que começou a se comunicar em Libras, a Língua Brasileira de Sinais.

Se para o casal foi a primeira experiência, para Dr. Fred Nicácio, foi a terceira. Ele contou à reportagem que não é fluente em Libras, mas consegue se comunicar e entender os sintomas do paciente.

Eu consigo entender o que eu preciso para medicar, saber mais sobre a doença e sobre os sintomas deles. Parece que não vai sair, que você não sabe nada, mas na hora sai", disse o médico.

É de suma importância que os médicos saibam pelo menos o básico de Libras. Eu já tive experiência na adolescência, então, para mim, foi algo mais fácil. Mas existia na minha faculdade a matéria eletiva, e pouquíssimos alunos faziam. Pelos menos na área de saúde, deveria ser de ensino obrigatório, como na fisioterapia, odonto e enfermagem. Não sei se Libras é disponível em todas as faculdades, mas, na minha, pra minha sorte, tinha", explica.

Com mais essa experiência, Dr. Fred disse que vai continuar se aprimorando em Libras.

Fonte: Portal G1

 

Compartilhe:



Comentários:

Colunistas

Mauricio Biriba

Geral

Carlos Rodrigues

Esportes

Dr Fabio Dias

Saúde

Andressa Pereira

Policial

Dr. Antonio salles junior

Direito do Cidadão



Desenvolvido por: ultranet Informática - 2018